Documentaire Orlando Pantera: la comète venue du Cap-Vert

Ajude-me a fazer um docu sobre a história de Orlando Pantera, um gênio musical cabo-verdiano que morreu tragicamente no início dos anos 2000

Project visual Documentaire Orlando Pantera: la comète venue du Cap-Vert
Successful
42
Contributions
21/02/2020
End date
€3.335
Out of €3.335
100 %
Indie

Documentaire Orlando Pantera: la comète venue du Cap-Vert

<p><strong>Ol&aacute;! Estou muito empolgado, orgulhoso e nervoso de apresentar meu primeiro projeto documental.</strong></p> <p style="text-align:center"><em>Obrigado j&aacute; por seu tempo para estar aqui e me ler!</em></p> <p style="text-align:center">&nbsp;</p> <h3 style="text-align:center"><strong>Como tudo come&ccedil;ou?</strong><br /> <img alt="" src="https://d3v4jsc54141g1.cloudfront.net/uploads/project_image/image/642022/20200116_175551-1579193871.jpg" width="100%" /></h3> <p><strong><em>H&aacute; um ano</em></strong>, tr&ecirc;s exploradores decidiram realizar um sonho: visitar cada um dos pa&iacute;ses Lus&oacute;fonos para mergulhar na sua riqueza musical e descobrir as novas tend&ecirc;ncias. O nosso primeiro destino foi o arquip&eacute;lago de Cabo Verde, onde j&aacute; sab&iacute;amos da exist&ecirc;ncia de um mito que transformaria a m&uacute;sica Cabo-Verdiana para sempre, sem ter gravado um &uacute;nico &aacute;lbum. Ainda hoje, considera-se que a &uacute;nica maneira de ouvir a sua m&uacute;sica &eacute; compilar o material disperso que deixou para tr&aacute;s.</p> <p style="text-align:center">O nome dele? <em><strong>Orlando Pantera</strong></em></p> <p>Ao que parece, Pantera morreu tragicamente apenas dois dias antes de gravar o seu &aacute;lbum em Paris. A nossa curiosidade recaiu, portanto, sobre ele, a sua vida e o que fez pela m&uacute;sica. Ainda n&atilde;o sab&iacute;amos, mas Pantera acabou por se tornar no tema da nossa viagem, seguindo-nos para todo o lado como uma estrela da sorte. De regresso a casa, depois de uma s&eacute;rie de encontros casuais e testemunhos de pessoas que o conheciam, de v&aacute;rios calafrios e at&eacute; l&aacute;grimas derramadas ao ouvir a sua m&uacute;sica, voltei com a certeza de que t&iacute;nhamos de retribuir o que ele nos deu. A alegria que senti ao ouvir a sua m&uacute;sica &eacute; partilhada com todos os cabo-verdianos, mas, acima de tudo, tamb&eacute;m com qualquer ser humano que a oi&ccedil;a.</p> <p>Surgiu uma ideia:</p> <p><strong>Contar a hist&oacute;ria de Orlando Pantera: vida, trabalho e todo o legado que deixou, atrav&eacute;s de um document&aacute;rio de investiga&ccedil;&atilde;o a lan&ccedil;ar em agosto de 2020.</strong></p> <p>Assim, aqui estou - a poucas semanas de embarcar na maior aventura de sempre, que s&oacute; ser&aacute; poss&iacute;vel com a sua ajuda!&nbsp;</p> <h3 style="text-align:center"><strong>Quem sou eu?</strong></h3> <p><img alt="" src="https://d3v4jsc54141g1.cloudfront.net/uploads/project_image/image/643194/olek_profile-1579726855.png" width="100%" /></p> <p>O meu nome &eacute; <strong>Alexandre</strong> (Alex, para os amigos), tenho 25 anos e nada me d&aacute; tanto prazer como partilhar hist&oacute;rias. Comecei por animar, na adolesc&ecirc;ncia,&nbsp; um programa na r&aacute;dio da escola e vim, posteriormente, a criar a minha pr&oacute;pria esta&ccedil;&atilde;o de r&aacute;dio, ao mesmo tempo que prosseguia com os meus estudos em economia. Partilhar com o mundo a minha pr&oacute;pria jornada musical atrav&eacute;s dos sons e ritmos que descubro nas profundezas do globo &eacute; uma das minhas maiores paix&otilde;es. Passo a passo, comecei a interessar-me especialmente pela m&uacute;sica tradicional, folcl&oacute;rica e popular da Am&eacute;rica Latina, &Aacute;frica subsaariana e, nos &uacute;ltimos anos, do mundo Lus&oacute;fono.&nbsp;</p> <h3 style="text-align:center"><strong>Quem foi Orlando Pantera?</strong></h3> <p><img alt="" src="https://d3v4jsc54141g1.cloudfront.net/uploads/project_image/image/642376/49579484_231212504463270_6022148884055679835_n-1579379851.jpg" width="100%" /></p> <p><strong>1 de mar&ccedil;o de 2001</strong>. Cabo Verde est&aacute; mergulhado em tristeza e desordem profunda. Um dos seus maiores prod&iacute;gios - Orlando Monteiro Barreto, mais conhecido como Orlando Pantera - morreu inesperadamente de pancreatite aguda, aos 33 anos de idade. Multi-instrumentista, compositor, escritor e professor dedicado &agrave;s crian&ccedil;as da sua ilha, Pantera valorizou a cultura que o viu nascer e o povo que o abra&ccedil;ou, tornando-se numa figura de ponta pelo seu contributo musical e humano. Pantera deu corpo e alma &agrave; cria&ccedil;&atilde;o do seu pr&oacute;prio estilo, elevando e transcrevendo o <em>batuque</em> (m&uacute;sica tocada e cantada pelos camponeses de sua ilha) para guitarra, com um toque da sua pr&oacute;pria autenticidade um certo vest&iacute;gio de jazz. A sua m&uacute;sica &eacute; uma transcri&ccedil;&atilde;o do quotidiano das gentes de Santiago, abordando as suas dificuldades no campo, no amor, as decep&ccedil;&otilde;es ou os seus rituais de nascimento e funeral. &quot;Eu sou cabo-verdiano&quot;, repetia com frequ&ecirc;ncia. Dois dias ap&oacute;s a sua morte, Pantera iria a Paris gravar o seu primeiro &aacute;lbum, &quot;Lapidu Na Bo&quot; - o trabalho que finalmente exporia o seu talento perante o mundo, depois de anos a compor na sombra - que nunca veio por&eacute;m a acontecer.&nbsp;</p> <p><em>O que aconteceu com Pantera? O que aconteceu &agrave; obra de quem, segundo o povo que chora a sua perda, transcendeu e desconstruiu as barreiras da m&uacute;sica tradicional? O que aconteceu ao artista que inspirou a &ldquo;Gera&ccedil;&atilde;o Pantera&rdquo;, onde se contam os novos artistas nacionais, entre os quais, Mayra Andrade, Vady ou Tcheka?</em></p> <blockquote> <p>&quot;&Eacute; quase pat&eacute;tico, o seu talento era t&atilde;o imenso (&hellip;) Cabo Verde n&atilde;o dar&aacute; &agrave; luz um artista do seu calibre nos pr&oacute;ximos 50 anos. Como Pel&eacute;, no futebol, ainda estamos procurando por essa pessoa.&quot;(...)&nbsp;</p> <p>El&iacute;sio Lopes, editor da Morabeza Records, com quem Pantera gravaria v&aacute;rias m&uacute;sicas para o &aacute;lbum &quot;Lapidu na B&ocirc;&quot;</p> </blockquote> <p>&nbsp;</p> <p><strong>19 anos depois</strong>, a sua mem&oacute;ria e o seu legado desvanecem-se. As grava&ccedil;&otilde;es espont&acirc;neas s&atilde;o escassas, assim como os v&iacute;deos dos seus concertos. Ainda h&aacute; imagens e entrevistas aqui e ali, para al&eacute;m de um belo document&aacute;rio em registo teatral. Poucos ainda cantam as suas m&uacute;sicas, ainda ancoradas na consci&ecirc;ncia coletiva. Cabo Verde lamenta a perda de um filho que lhe tiraram dos bra&ccedil;os, contentando-se com o vasculhar das vagas lembran&ccedil;as.</p> <blockquote> <p>&ldquo;Em todos os lugares ele impressiona, ele congela, ele se move. A sua m&uacute;sica e os seus textos perturbam. Quase toca o &iacute;ntimo, os melhores m&uacute;sicos t&ecirc;m arrepios ao descobri-lo: Pantera tem algo mais: essa alma extra &rdquo;</p> <p>Mic Dax.</p> </blockquote> <p><strong>Pantera era um cometa</strong>: uma apari&ccedil;&atilde;o repentina, quase divina, na Terra para trazer luz e orienta&ccedil;&atilde;o. Pantera marcou Cabo Verde e a hist&oacute;ria da m&uacute;sica, apontando o caminho para que novas estrelas acendam hoje a tocha da sua heran&ccedil;a. <strong>Este projeto tem como objetivo reativar esta tocha.</strong></p> <p><em><a href="https://open.spotify.com/playlist/1UdNFvcT4ddyXl73q8QvAi?si=FtsCKuDDRdefnMbLz4qz7g" target="_blank">Para ouvir a musica de Pantera</a></em></p> <p><em>Alguns artigos para ler:</em></p> <ul> <li><a href="http://www.opantera.com/"><em>&quot;</em></a><em><a href="https://www.publico.pt/2001/08/17/jornal/orlando-pantera-foi-um-cometa-160888" target="_blank">Orlando Pantera: foi uma cometa</a>&quot;</em>; Publico</li> <li><em>&quot;<a href="http://sondisantiagu.blogspot.com/2006/08/baluka-brazo-e-gerao-pantera.html" target="_blank">Baluka Braz&atilde;o e Gera&ccedil;&atilde;o&nbsp;Pantera</a></em>&quot;; Son di Santiagu&nbsp;</li> <li><a href="http://www.opantera.com/" target="_blank">http://www.opantera.com/</a></li> </ul> <h3 style="text-align:center"><strong>Porque &eacute; t&atilde;o importante contar sua hist&oacute;ria?</strong></h3> <p><strong>O objetivo deste projeto n&atilde;o &eacute; apenas contar uma hist&oacute;ria</strong>. A Cultura e o patrim&oacute;nio fazem s&atilde;o as armas de um povo na preserva&ccedil;&atilde;o da sua pr&oacute;pria identidade. Cabo Verde &eacute; um pa&iacute;s jovem que, independente de Portugal h&aacute; 45 anos, procura sua identidade no passado, no presente e no futuro. A arte e a m&uacute;sica t&ecirc;m lugar de destaque na vida quotidiana de cada cabo-verdiano, sendo o cimento que os liga al&eacute;m mares. Lembrar Pantera &eacute; recuperar a hist&oacute;ria e contribuir para que essa identidade ganhe for&ccedil;a.</p> <p>O tempo n&atilde;o est&aacute; do nosso lado: quanto mais esperarmos para contar a sua hist&oacute;ria, mais mem&oacute;rias desaparecer&atilde;o. Agir &eacute; vital. Muito tragicamente, o produtor do seu &aacute;lbum faleceu h&aacute; dias, levando consigo inestim&aacute;veis peda&ccedil;os de hist&oacute;ria, para sempre perdidos.</p> <p>Este projeto &eacute; curado pelo cora&ccedil;&atilde;o humano e pelas almas dos amantes da m&uacute;sica. Este projeto &eacute; importante para n&oacute;s e gostar&iacute;amos que pudesse ser um pouco seu tamb&eacute;m!</p> <h3 style="text-align:center"><strong>Filmagens e a equipa</strong></h3> <p><img alt="" src="https://d3v4jsc54141g1.cloudfront.net/uploads/project_image/image/643599/DSCF1274-1579883400.png" width="100%" /></p> <p><strong>16 de Fevereiro</strong> ser&aacute; o in&iacute;cio de uma viagem a Cabo Verde que durar&aacute; duas semanas, durante as quais se filmar&aacute; em diferentes locais e ilhas (Santiago, S&atilde;o Vicente e Santo Ant&atilde;o), <strong>at&eacute; 2 de Mar&ccedil;o</strong>. <em>Jan</em>, t&eacute;cnico de som, e <em>L&eacute;o</em>, operador de c&acirc;mera, roteirista e editor, ser&atilde;o a minha companhia durante esta viagem: sendo os olhos e os ouvidos com os quais poderei contar para capturar os testemunhos, cenas e emo&ccedil;&otilde;es que inscreveremos no filme. Na minha passada viagem a Cabo Verde, descobri terreno e teci contactos, conhecendo a maioria das pessoas que vir&atilde;o no document&aacute;rio - o que me tranquiliza quanto ao bom andamento do processo. O nosso foco ser&aacute; principalmente a qualidade das intera&ccedil;&otilde;es que teremos com as testemunhas, assim como a sensibilidade para capturar o quotidiano das pessoas no arquip&eacute;lago. Ser&aacute; uma sorte testemunhar o Carnaval de Mindelo (21 a 25 de fevereiro) - evento &uacute;nico enraizado nas mais puras tradi&ccedil;&otilde;es cabo-verdianas.</p>

Allocation of funds

<h3 style="text-align:center"><strong>Mas falemos de n&uacute;meros</strong></h3> <p>Concretamente, <strong>o projeto exige gastos imposs&iacute;veis para que os tomemos a nosso cargo</strong>. O Jan, o Leo e eu oferecemos de bom grado o nosso tempo e energia, mas tal n&atilde;o &eacute; infelizmente um fim em si, dados os custos de transporte, equipamento e despesas di&aacute;rias. Assim, toda as contribui&ccedil;&otilde;es s&atilde;o bem vindas e aproximam-nos do grande objetivo final.&nbsp;</p> <p>&Eacute; aqui que voc&ecirc;s entram!</p> <p>Custos detalhados para as filmagens (duas semanas em Cabo Verde):</p> <ul> <li>Voos ida-volta Bruxelas - Praia (Cabo Verde): 900 &euro;</li> <li>&nbsp;Visa (x3): 90 &euro;</li> <li>Voos&nbsp;internos ida-volta Praia-Mindelo (x3): 540 &euro;</li> <li>Barco de ida e volta Mindelo - Santo Ant&atilde;o (x3): &euro; 48</li> <li>Estadia: 280 &euro;</li> <li>Comida: 300 &euro;</li> <li>Equipamento de &aacute;udio e v&iacute;deo + Seguro: 500 &euro;</li> <li>Hard drives: 130 &euro;</li> <li>Custos vinculados &agrave; plataforma: &euro; 247</li> <li>Custos inesperados: 300 &euro;</li> </ul> <h2 style="text-align:center"><strong>TOTAL: &euro; 3.335</strong></h2> <h3 style="text-align:center"><strong>O que acontecer&aacute; se excedermos a meta e se n&atilde;o?</strong></h3> <p><strong>Esta campanha &eacute; o primeiro passo dum projeto que pretende ser maior</strong>. O projeto continuar&aacute; nos pr&oacute;ximos meses com as filmagens planeadas em Lisboa, Paris, Bruxelas e Roterd&atilde;o, para conhecer pessoas que o conheceram e podem trazer elementos importantes para o filme. Se, por acaso, excedermos a meta total de capta&ccedil;&atilde;o de recursos, investiremos recursos adicionais para financiar filmagens e produ&ccedil;&otilde;es futuras. Isto ser&aacute; comunicado de maneira aberta e transparente, com atualiza&ccedil;&otilde;es sobre o andamento do projeto e as decis&otilde;es tomadas.</p> <p><strong>O importante &eacute; chegar &agrave; meta!</strong> Se n&atilde;o conseguirmos juntar a quantia necess&aacute;ria, as filmagens em Cabo Verde e todo o projeto estar&atilde;o comprometidos. Projetos autogeridos e independentes como este s&atilde;o arriscados, dado os recursos envolvidos. N&oacute;s aceitamos essa responsabilidade e estamos cientes da ambi&ccedil;&atilde;o. Talvez loucos e sonhadores, mas determinados e &aacute;geis, implac&aacute;veis ​​e confiantes de que podemos concluir este projeto.&nbsp;</p> <p><img alt="" src="https://d3v4jsc54141g1.cloudfront.net/uploads/project_image/image/643196/11703541_419880261547339_2714786303607108777_o-1579727319.jpg" width="100%" /></p> <h3 style="text-align:center"><strong>Gostaria de colaborar?</strong></h3> <p>Ficaremos gratos e sensibilizados com a sua ajuda e o seu apoio. H&aacute; diferentes formas de o fazer: divulgando o projeto entre os seus amigos, fam&iacute;lia, bairro, redes sociais (BORA! :) ) ; partilhando a campanha nas suas p&aacute;ginas e, finalmente, enviando mensagens, sugest&otilde;es, conselhos, dicas, enfim, tudo &eacute; bem vindo.&nbsp;</p> <p><strong>Cada passo conta, seja pequeno ou gigante!&nbsp;</strong></p> <p>Obrigado de cora&ccedil;&atilde;o!</p> <p style="text-align:center"><strong>Amor e reconhecimento,</strong></p> <p style="text-align:center">Alex</p>

Rewards

Obrigado !

€5

  • 1 contribution
Muito obrigado a vôce ! Seu nome será incluído nos créditos finais, fofinho né ;)

Estimated delivery: August 2020

Um beijinho do Cabo Verde

€10

  • 5 contributions
Você receberá uma photo de nos durante o filmagem em Cabo-Verde, bem como os meus agradecimentos. Sem esquecer o seu nome nos créditos finais, obviamente!

Estimated delivery: August 2020

Uma cartao postal do Cabo Verde

€25

  • 15 contributions
Obrigado, obrigado, obrigado! Você receberá uma cartao postal do Cabo Verde, uma foto de nos durante o filmagem, bem como os meus agradecimentos. Sem esquecer o seu nome nos créditos finais, obviamente! Ah e uma coisa mais: você terá a possibilidade de ver o filme em primeiro e receberá uma copia digital desse!

Estimated delivery: August 2020

Uma lembrança do Cabo Verde

€50

  • 8 contributions
Que possou dizer, obrigado obrigado! Você receberá uma lembrança do Cabo Verde, uma cartao postal, uma foto de nos durante o filmagem, seu nome nos créditos finais, bem como os meus agradecimentos. E obviamente, a possibilidade de ver o filme em primeiro e de receber a sua copia digital antes dos outros!

Estimated delivery: August 2020

Incréivel, obrigadooooo !

€100

  • 4 contributions
Obrigadao, sinceramente! Em reconhecimento de seu gesto, você receberá uma lembrança do Cabo Verde, bem como uma foto de nos, uns dos primeiros para ver o documentario, uma cartão postal e seu nome nos créditos finais. Nao é tudo! Vou te enviar o DVD do filme, dedicado pela equipa, direitamente na sua casa!

Estimated delivery: August 2020

Que posou dizer, é précioso!

€250

  • 3 contributions
Em reconhocimento de seu gesto, você receberá uma lembrança bem especial du Cabo Verde, você pode me confiar! Mais, receberá uma foto de nos, a possibilidade de ver o filme em primeiro e uma cartao postal! E meus agradecimentos sem fim! Mas nao é tudo! Receberá duas copias do filme en DVD, dedicada pela equipa, direitamente na sua casa! E uma mençao bem especial nos créditos finais.

Estimated delivery: August 2020

Incréivel, você me dá sem palavras!

€500

    Em reconhocimento de seu gesto, você terá lembranças e goodies especias do Cabo Verde, que so você terá! Bem como um album foto do filmagem, o primeiro primeiro para ver o documentario e uma cartao postal. Mais, eu vou te enviar três copias DVD do filme, dedicada pela equipa, direitamente na sua casa! E uma mençao especiale nos créditos finais Em cima disso, você receberá uma dedicada unica da parte dos actores principais do documentario!

    Estimated delivery: August 2020

    LET'S TALK!

    €1.000

      Entao, devemos de falar! Te chamo, me chamas e vamos ver que podemos fazer juntos! Com certeza, você recebera as lembranças e goodies especias do Cabo Verde, bem como um album foto do filmagem, o primeiro primeiro para ver o documentario e uma cartao postal. Nao é tudo! Receberá 3 copias DVD do filme, dedicada pela equipa, direitamente na sua casa! Bem como uma mençao especial nos créditos finais e uma dedicade unica dos actores principais do filme! Ok, vamos fazer locoura! Vamos trazer você pela visualização (o lugar està à definir), mas pode acontecer na sua cidade!

      Estimated delivery: August 2020

      Make a donation

      Give what I want